Um ano depois da minha cirurgia ocular

30.3.16

Olá pessoas!

"Que bola é essa no seu olho? Vixe tem um caroço no seu olho" 


No post de hoje vou contar um pouco sobre o problema ocular que eu tinha. Para que não sabe a obstrução do canal lacrimal acomete a todos os seres humanos e após o nascimento o normal é que ela se rompa depois do primeiro choro do bebê. No meu caso isso não aconteceu em um dos olhos e eu simplesmente não lacrimejava do olho direito. Esse problema foi diagnosticado logo nos primeiros meses de vida e eu já tinha caso na família. De maneira simples eu poderia ser "curada" com simples exercícios de desobstrução, mas, por sentir muita dor o meu pai não deixava minha mãe fazer.

Com dois anos um oftalmologista realizou uma sondagem e não obteve sucesso, sendo assim, eu fui crescendo com o problema e sempre tive momentos terríveis de infecções oculares e outros transtornos. Com 10 anos o oftalmo indicou a cirurgia para ser realizada quando eu tivesse 15 anos, mas fiquei sem plano de saúde e não poderia pagar pela operação. Com 21 anos resolve me renovar e ser feliz com minhas escolhas e comecei todo o procedimento pré-operatório, aproveitando que novamente estava com plano médico e que ele possuía a unica médica que realizava a cirurgia aqui na Bahia. 

A obstrução do canal lagrimal não atrapalha a visão, mas deixa o olho com irritações como: vermelhidão, secreção, ressecamento, mal odor, entre outros. A cirurgia foi realizada no DayHorc no Hospital da Bahia com a Drª Mariluse Sardinha, no dia 12 de dezembro de 2014 e ocorreu super bem. 

Eu espero que tenham gostado, 
não esquece de participar do blogger
 e das demais redes sócias.

Veja também

0 comentários

Instagram

You Tube